Recorde do teu Verdadeiro Ser!

AS ALMAS VOLUNTÁRIAS NO PLANETA TERRA E SEUS CONHECIMENTOS PERDIDOS

https://i0.wp.com/www.the-universal-link.com/the-door-at-the-end-of-the-universe.jpg

Pouco conhecida no Brasil, Dolores Cannon é uma terapeuta de vidas passadas e hipnóloga que iniciou sua carreira nos anos 60.

Inicialmente ela se especializou em Nostradamus e publicou vários livros, alguns inclusive lançados em português sobre assuntos esotéricos diversos. Esposa de um militar aposentado da marinha norte americana, Dolores atualmente reside nas belíssimas montanhas Ozark no Arkansas, onde faz suas pesquisas e mantêm sua própria editora, a Ozark Mountain Publishing Co.

Mas foi só nos últimos vinte anos que Dolores tem se dedicado á pesquisa ufológica, usando suas habilidades como terapeuta de regressão para ajudar abduzidos a entender o que acontece com eles. Ela escreveu diversos livros a partir dos relatos de regressão por hipnose colhidos nesses anos todos.

Dolores desenvolveu uma técnica unicamente sua onde, durante a hipnose, procura contatar a entidade extraterrestre responsável por aquela abdução/contato. Na maioria das vezes, ela realmente consegue acessar o/a extraterrestre que acompanha aquele individuo que foi abduzido e assim extrai conhecimentos incríveis sobre a vida em outros mundos, ou sobre o porquê dos procedimentos dos extraterrestres e suas motivações, tudo registrado em longos diálogos entre Dolores e as entidades.

Os livros mais importantes de Dolores Cannon sobre o assunto são “Keepers of the garden”(o primeiro),”The custodians”,e “The convoluted universe”.

Em “Keepers of the Garden”, especialmente, ela faz revelações interessantes e bastante incomuns, onde ela coloca os extraterrestres como orquestradores da evolução do ser humano, que eles consideram realmente à beira da autodestruição, e que os extraterrestres pertencentes à Confederação de planetas seriam servos indiretos de Deus, que por sua vez estariam em contato com seres extraterrestres ainda mais evoluídos e superiores, e  que estes já não mais teriam forma física material. Esses seres se colocam como se estivessem “dispostos a ajudar o vizinho que está prestes a se suicidar (a humanidade), e para tanto, estariam fazendo modificações psíquicas na mente humana durante as abduções, bem como enviando uma sinfonia de energias evolutivas para a Terra.

Por outro lado, os extraterrestres colocam que os reptilianos pertencem à outra Confederação de planetas que não tem qualquer compromisso em ajudar a humanidade e que age por interesse próprio. Essa outra confederação reptiliana seria totalmente neutra e indiferente à sobrevivência da espécie humana. Ela também coloca que muitas doenças terrestres vieram importadas de outros mundos, devido a descuidos nas missões extraterrestres desastradas.

Mas a revelação mais incomum do livro, a meu ver, é a idéia de múltiplo acesso ás vidas passadas. Ou seja, qualquer indivíduo, em qualquer mundo, pode “reviver” uma vida passada vivida por outro individuo com se fosse a sua, bastando para isso acessar os registros akashikos da grande Biblioteca do Universo. Assim, qualquer um poderia acreditar ter sido a reencarnação de Cleópatra ou Napoleão ou um ET qualquer, e isto seria verdadeiro e falso ao mesmo tempo, já que seria impossível determinar qual alma individual teria realmente vivido aquela existência específica…

Ela também fala do processo de evolução dos próprios ETs, que abandonam a forma física material ruma à forma imaterial em um determinado ponto de sua evolução, transitando assim para uma dimensão superior de existência livre das agruras da vida material. Esse processo seria universal e característico da vida por toda parte. Ela coloca que os seres que nos visitam muitas vezes não são mesmo os mais evoluídos, uma vez que há seres avançadíssimos que não produzem civilização material, por não disporem de corpos físicos, ou ainda por viverem em harmonia com a natureza e assim sendo, não constroem naves, cidades, etc. Em um dado planeta, por exemplo, seres avançadíssimos com formato que lembra um polvo voador viveriam em grande paz e sabedoria, mas sem ir ao espaço em naves próprias. Deste modo, seriam espiritualmente evoluídos e tecnologicamente primitivos.

Outra civilização teria construído três obeliscos, homenageando assim a sua própria extinção. O primeiro obelisco representaria a vida primitiva, o segundo, a civilização material, e o terceiro, a extinção de sua própria espécie para tornar-se uma “raça evoluída imaterial”. Como único testemunho de sua existência, teriam deixado os três obeliscos em um planeta morto em um sistema solar distante, onde ainda habitam, em espírito.

No outro livro,”The custodians”,ela coloca que os extraterrestres são capazes de parar o tempo por uma fração de segundo durante um simples avistamento de um ufo à distancia, e que nessa fração de segundo eles injetam informações no cérebro do humano que avista esse objeto, ou modificam a vibração dessa pessoa nessas ocasiões, ampliando assim a consciência cósmica desse individuo. Esse seria basicamente o motivo das naves surgirem para certas pessoas, aparentemente sem motivo.

Em seu mais recente livro, “The convoluted universe”,Dolores Cannon se aprofunda na relação entre os extraterrestres e Atlântida, mistérios da ilha de Páscoa e outros conceitos metafísicos profundos. Ela coloca que a Atlântida teria sido destruída por um mau uso da força mental associada ao uso de cristais. A civilização atlante, segundo ela, durou muitos milhares de anos e foi avançadíssima, tendo encontrado a cura para a maioria das doenças e aprendido a controlar a gravidade com energia dos cristais. Assim como fazem os extraterrestres, os atlantes teriam feito perigosas misturas genéticas de seres humanos com animais, e esses experimentos deram origem aos mitos gregos do minotauro, do centauro, das sereias, etc.

Sobreviventes da Atlântida, segundo ela, teriam aportado no Egito antigo e na América do Sul, e teriam mantido consigo o método para levitar objetos, e assim teriam construído as pirâmides egípcias e pré-colombianas dos maias, astecas, etc., mas com o passar de muitas gerações, os descendentes dos atlantes acabaram perdendo essa habilidade. Do mesmo modo, o triangulo das bermudas seria uma máquina interdimensional defeituosa deixada pelos atlantes naquela região, causando perturbações temporais e eletromagnéticas. Segundo Dolores, a civilização atlante teria influenciado todo o mundo antigo, mesmo os povos mais primitivos que viviam para além de suas fronteiras. Ela coloca também que muitas pessoas que vivem na época atual são reencarnações dos atlantes. Considerando que a civilização atual também está a beira do colapso, esses “espíritos de atlantes” teriam sido mandados em massa para reencarnar na Terra atual, como propósito de tentar evitar que a destruição da civilização se repita novamente.

Nenhum destes livros está disponível em português, o que impede o leitor brasileiro de conhecer este instigante trabalho. Palestras de Dolores Cannon são abundantes na Youtube, bem como no site do Project Camelot

 

 projectcamelotportal.com

Fonte: http://conversandocomosreptilianos.blogspot.com/

 

 

 

 

 

 


2 Respostas

  1. jayme

    eu sou oriundo de Alpha Centauri e sou dos últimos a encarnar aquí com propósitos específicos de resgate e ILUMINÇÃO. SALVE Humanitas

    Curtir

    19/08/2011 às 8:55 AM

  2. ***Olá, bom dia;
    vou me permitir e citar algo sobre a parte do texto (…a idéia de múltiplo acesso ás vidas passadas”… (sic)) – Aqui em minha cidade morou um Padre grego (Othon D. Pallamoyrdas) que tinha chegado a uma conclusão idêntica sobre “contatar vidas passadas” de qualquer pessoa, bastando para tanto atingir uma certa “vibração espiritual cósmica na Biblioteca do Uni-verso” –

    É difícil tentar explicar como ele procedia para os contatos, e para dificultar mais ainda, estudei teologia, tenho formação evangélica e sinto dificuldade em compreender a consciência após a morte. Tenho dúvidas sobre: julgamento único (Santuário Celestial) e reencarnação (Espiritas; Budismo, etc). Desculpe a confusão, mas achei importante a colocação desta escritora Dolores Cannon. Obrigado a todos.

    Antonio Carlos – Lins, SP Brasil

    Curtir

    24/08/2011 às 9:29 AM

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s